Sunday, October 19, 2014

Coluna da Lu: A minha nova realidade

As coisas aqui na Inglaterra são diferentes do que eu estava acostumada no Brasil. Eu sempre tive a sorte de ter tudo de mão beijada: casa, comida, roupa lavada e passada, empregada, carro, dinheirinho no bolso, etc, realmente não posso reclamar de nada e agradeço muito por ter tido todas essas oportunidades.
Minha vida em SP era digamos, fácil... Não tinha que me preocupar em fazer supermercado, nem programar quando as roupas tinham que ser lavadas, lavar prato? só no final de semana, isso quando eu não deixava pra alguma boa alma (minha mãe ou meu tio) fazer isso por mim, arrumar a casa? só quando minha mãe me dizia que meu quarto estava muito bagunçado, e olhe lá.
Ter um cartão de crédito no qual eu não me preocupava em pagar no final do mês, apesar de eu não ser uma doida desvairada, não deixava de sair com as minhas amigas. Claro que eu trabalhava (ainda como estagiária), ganhava meu salarinho (que era pequenininho hahaha), mas eu gastava com minhas futilidades. 

Só contei essas coisas pra poder ilustrar o choque de realidade que eu tive quando cheguei aqui, pois eu teria que fazer todas essas coisas, já que é a realidade da grande maioria dos ingleses. Era um dos meus maiores medos, mas foi uma das primeiras coisas que eu me "conformei" rápido, acho que no começo eu até levei o desafio na brincadeira, era tudo novo, eu ria de mim mesma quando fazia algo errado.
Mas não vou dizer que tudo foi fácil...

Minha independência financeira foi umas das melhores coisas que eu conquistei, finalmente o dinheiro é só meu, não vem da conta de ninguém, é fruto do meu trabalho, e isso é uma delícia! Porém é a tarefa mais difícil de ser controlada, já que eu nunca administrei e economizei dinheiro antes... 
A primeira vez que fui com o Mike no supermercado, foi desesperador! Eu nunca tinha comprado a minha própria comida, o Mike perguntou "O que você gosta de comer?" E eu: "hum, eu como cenoura! Vamos comprar cenouras." Nessa hora ele já percebeu que eu não entendia absolutamente nada de supermercado! E por muito tempo, ele teve que tomar conta dessa parte, eu só acompanhava mas hoje, supermercado é por minha conta! 
Cozinhar logicamente também foi um problema. Eu não sabia fazer nem um omelete! O Mike, graças, é um mestre Cuca, sabe cozinhar muito bem, está me ensinando, tem a maior paciência do universo! Como ele trabalha, eu ia ter que aprender a cozinhar algumas coisas, já que meu curso era só meio período. Aprendi a fazer coisas super básicas e que no supermercado tem uma gôndola de comidas prontas hahahaha.
Hoje em dia eu já posso me chamar de moça prendada! Mas eu conto em outro post!

A primeira vez cozinhando...
Lavar e passar roupas: minha mãe me ensinou a ler o que está escrito nas etiquetas hahaha! Yes! Essa é fácil! Mas a lição foi NUNCA, MAS NUNCA MESMO, deixar uma pessoa que não fala a sua língua (não sabe ler em português) colocar as suas roupas na máquina de secar... Eu perdi 70% das minhas roupas quando o Mike resolveu colocá-las na máquina de secar (não foi por mal)! Eu não me importo em lavar, mas eu ODEIO passar roupa, perdi algumas roupas nessa brincadeira também, derreti uma blusa e o plástico ficou todo no ferro! Não foi legal haha.

Limpar e arrumar a casa: felizmente temos uma cleaner que vem 1 vez por semana, mas ela SÓ limpa, não arruma, então toda santa sexta-feira eu tenho que arrumar a casa antes de a moça entrar (e olha que eu sou bagunceira, to aprendendo na marra ser mais organizada). Mas não dá pra contar só com a cleaner, durante a semana tem que dar uma limpada, amo meus produtos de limpeza, hahaha! Lencinhos humidecidos de Detol (I Heart you!), minhas esponjinhas de lavar, minha máquina de lavar prato, meu aspirador de pó e mais todas as quinquilharias domésticas! Não que eu goste do job, eu detesto mas como eu costumo dizer pro Mike "it's life and I am dealing with it!".
A primeira vez lavando os pratos equipadamente 
Quando contei para as minhas amigas inglesas que eu ia na manicure toda semana, elas quase caíram pra trás com olhos arregalados! Aqui custa uma fortuna, logo que cheguei fui ver quanto custava: £51!! Fiquei um mês sem fazer as unhas, mas eu tinha um casamento e não dava pra ir com a unha toda detonada, então eu fui na manicure... Mas elas não cortam a cutícula e não pintam a unha direito, eu achei um lixo! Depois daquele dia, fui na Boots, e fiz o meu kit manicure, e comecei a fazer minha própria unha, ficava horrível mas com 2 anos de treino hoje eu já to craque e já tenho minhas manhas!
A primeira vez fazendo a própria unha! Terror!
A grande verdade é que não é o fim do mundo fazer todas essas coisas, é só encotrar o equilíbrio certo! Aqui só pessoas MUITO ricas podem se dar ao luxo de ter uma pessoa que faz tudo a semana toda! E fico feliz de saber que eu cuido da minha própria casa, me sinto muito mais responsável e adulta haha!


Beijos,
Lu

No comments: